O Dia Mau

Publicado em 27/01/2017 às 12:19 Por Ricardo Macieira Visto por 795

"Os cordéis da morte me cercaram, e ANGÚSTIAS DO INFERNO se apoderaram de mim; encontrei aperto e tristeza. Então invoquei o nome do Senhor, dizendo: Ó Senhor, livra a minha alma." (Salmo 116:3-4)

Há momentos em que Deus permite que o inimigo chegue mais perto de nós e nos ataque mais intensamente. Por razões benignas, o Senhor às vezes reduz a área de proteção ao redor do crente, permitindo que as forças do mal exerçam suas investidas contra ele de uma maneira mais direta e intensa do que normalmente ocorre.

O chamado "DIA MAU".  O momento em que o crente é atacado com mais intensidade, e às vezes em diversas frentes ao mesmo tempo. Depressão, dúvidas, fraquezas espirituais, emocionais e físicas provocadas por ações engenhosamente planejadas e executadas por intelectos malignos e incrivelmente eficazes. Ataques tão reais e ferozes que o próprio Senhor Jesus advertiu a Pedro dizendo:

"Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça;..."(Lucas 22:31-32)

Graças a Deus que temos um intercessor junto ao Pai e podemos crer na Sua Palavra, que não seremos jamais desamparados. O inimigo só poderá ir até onde Deus permitir e o que permitir será para a Sua Glória e sempre para o nosso bem. A nós, nos cabe vestir TODA a armadura de Deus em oração e em súplicas durante todo o tempo, para que possamos resistir ao "DIA MAU" e ainda, depois de tudo, permanecermos firmes pela Graça de Deus que há em Cristo Jesus. 

"Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no DIA MAU e, havendo feito tudo, permanecer firmes."(Efésios 6:13)

Fonte: Ricardo Macieira