Adorador irado

Publicado em 10/08/2015 às 09:34 Por Pr. Almir Marcolino Visto por 500

Em Gênesis 4 vemos em Caim um retrato daquele que procura adorar a Deus ao seu modo, do jeito que quer e não da maneira que agrada a Deus. Quando Deus rejeita esta adoração, ele fica irado e emburrado, não aceita o aviso e a nova oportunidade que Deus lhe oferece. A mágoa no seu coração alimenta o pecado que fica espreitando, como uma fera que espera o melhor momento para atacar.

Este ressentimento leva-o a pensar que eliminando os verdadeiros adoradores seu problema será resolvido. Mas, sem arrependimento e mudança, sua situação fica mais complicada. A raiva armazenada fermentará e produzirá outros pecados, no caso de Caim: assassinato, engano, mentira e coração endurecido. 

O fim será a distância de Deus.