Cegueira Espiritual

Publicado em 10/03/2016 às 10:25 Por Ricardo Macieira Visto por 875

\"Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um COITADO, e MISERÁVEL, e POBRE, e CEGO, e NU\" (Apocalipse 3:17)

Laodicéia... prefiguração da igreja dos últimos dias... A igreja que não tinha sido exortada por problemas doutrinários, nem nada relacionado à sua moral, era a igreja que recebeu a mais dura censura do Senhor Jesus.

Essa igreja tinha uma visão exageradamente positiva de si mesma. A sua autoestima indulgente e auto-idólatra a impedia de olhar para si mesma e enxergar que na verdade ela era miseravelmente o oposto daquilo que cegamente considerava a respeito de si própria.

A sua cegueira espiritual era tão grande que a impedia de ter acesso ao único meio de cura; quebrantamento, arrependimento e humilde confissão, concedidos pela graça. A falta de humildade era a sua ruína. Orgulho, vaidade e comportamento incompatível com aquilo que professava com a boca. Ausência de amor, piedade, santidade e VIDA.

Doutrina correta não é tudo, tem que haver VIDA, e vida é concedida por GRAÇA, e graça se obtém com humildade, quebrantamento e busca da Presença; só assim é que pode haver esperança de cura. A igreja de Laodicéia não conseguiu, será que a igreja de hoje conseguirá? Se o problema é ausência de real conversão, que Deus lhe conceda Graça preveniente e derrame espírito de súplica, segundo a Sua misericórdia. Amém!

\"...aconselho-te que de mim compres ouro refinado no fogo, para que te enriqueças; e vestes brancas, para que te vistas, e não seja manifesta a vergonha da tua nudez; e colírio, a fim de ungires os teus olhos, PARA QUE VEJAS.\" (Apocalipse 3:18)