Poesia “ O SOL “

Publicado em 12/11/2022 às 13:23 Por Ir. Regis Tavares Visto por 112

O SOL brilha de dia,

À noite, ele dorme,

Para a LUA alumiar,

Através  dos seus raios enorme. 


Ouve -se ao longo um galo cantar,

Adivinha-se o nascer de um novo dia,

À LUA vai-se embora a chorar,

Mas o SOL desperta com alegria.


À LUA adormece por fim,

Mas o SOL nada leva a mal,

Pois a ama tanto assim,

Através do CRIADOR que é REAL.


DEUS criou os céus e a terra,

Criou logo o SOL, para iluminar,

E o HOMEM para encarar,

Nas suas tarefas de EVANGELIZAR